Loney

Em 22.07.2016   Arquivado em Livros 0 comentário aguardando moderação

Loney (Andrew Michael Hurley) lançado pela Intrínseca em junho desse ano, é um livro de suspense que beira o gótico/horror.

IMG_7008

Ele nos conta a estória de dois irmãos, Tonto e Hanny, onde o primeiro é o irmão mais velho que protege o mais novo, que é mudo. Eles são de uma família muito religiosa e sua mãe, Sra Smith acredita que Hanny possa ser curado através de um milagre. Eles vão até um pequeno povoado na costa da Inglaterra onde a mãe acha que lá seu filho pode ficar curado.

Só que o Padre Wilfred, que era o padre desse povoado faleceu e em seu lugar entrou Bernard, um padre mais jovem, com outras ideias, fato que vai gerar atritos com várias pessoas, incluindo a Sra Smith, que tenta “ensinar” ao novo padre tudo que o anterior fazia.

Durante um passeio a uma área mais isolada de Loney, os irmãos encontram com moradores da região e tal encontro vai mudar a vida dos dois pra sempre. Uma frase marcante que tem é “o medo pode levar as pessoas a fazerem coisas estranhas”, e essa frase descreve bem o que acontece no enredo desse livro.

Assino embaixo quando dizem que Loney não é um livro pra qualquer pessoa. Não sou fã nem de suspenses e nem de gótico ou horror, então a leitura, no meu caso, foi bem arrastada, a ponto de levar dias para terminar. Por mais que a história te prenda, eu não conseguia me conectar aos personagens. O suspense é bom, pra quem é medrosa feito eu (tive pesadelos no meu primeiro dia de leitura – sérião).

IMG_7013

O livro é excepcionalmente belo. Numa ida à livraria, antes de receber minha edição pela editora, passei uns 5 minutos “namorando” o livro. A jacket do livro é linda, mas a capa dura preta, com o nome do livro é deslumbrantemente assustadora.

Resenha curta porque a pessoa aqui ainda tá sentindo a ressaca da “viagem de um dia” que ela fez ontem. Depois falo como foi!

;*

FUI!!!

Página 1 de 39412345... 394Próximo