Categoria "Filmes"

Os melhores de 2015

Em 29.12.2015   Arquivado em Filmes, Livros, Música, Retrospectiva 0 comentário aguardando moderação

Seguindo a tradição dos últimos anos, cá estou eu para eleger os 3 favoritos em determinadas categorias. Assim como ano passado, só vou falar de 3 categorias: Filme, Livro e Música. Ano passado fiz um top 5, mas esse ano voltarei a eleger só 3 por motivos de: não tenho muitas opções (mentira, até tenho. O de filmes foram 4 escolhidos, mas quero voltar a ter um padrão). Chega de blá blá e vamos ver minhas escolhas.

Escolher três filmes foi algo bem difícil, apesar de ter poucas opções pra escolher. Meu escolhido número um tinha que ser Divertida Mente. Eu não estava empolgada com o filme ante de assistir, mas saí de lá apaixonada pelos personagens (principalmente a Tristeza. ELA É LINDA DEMAIS). O bom desse filme é que ele encanta pessoas de 8 a 80. As crianças tem como atrativo as cores, os personagens fofos e os adultos a mensagem que tem por trás. Quase que ele consegue desbancar Procurando Nemo como meu filme de animação favorito da vida. O segundo colocado foi “Os Vingadores: A era de Ultron”. Confesso que comecei a gostar dos personagens depois do primeiro Avengers, e estava louca esperando a continuação, principalmente pra ver a dupla Feiticeira Escarlate e Mercúrio em ação. Ela ficou muito perfeita, mas o Mercúrio não vai superar o dos X-men. Mas falando do filme, o que fez ele ficar em segundo lugar foi o conjunto da obra. Piadas, ação, pancadaria. A Esperança – parte 2 foi meu terceiro lugar empatado com O Pequeno Príncipe. O filme foi bom, continuou no mesmo ritmo do antecessor, mas aquele final foi meio bleh. Já O Pequeno Príncipe me encantou de todas as formas, com a historinha da garota intercalado com momentos do livro.

Os três livros foram mais fáceis de escolher. O primeiro lugar é de Surpreendente! do Mauricio Gomyde. Como comentei na resenha que fiz dele, ele faz jus ao título e a mensagem que ele traz de amizade, seguir em busca dos sonhos e de viver a vida intensamente mesmo com todos os problemas que você tiver. Super recomendo. Meu segundo livro favorito é O Bicho da Seda. Se o livro anterior já tinha me prendido, esse me prendeu ainda mais. A carga de suspense dele é maior e a forma como a pessoa é encontrada morta é bem nojenta, mas você fica horrorizado e curioso. Meu terceiro lugar vai para Isla e o final feliz. Ele é a conclusão da “trilogia” escrita por Stephanie Perkins. Eu falei do livro aqui, então não vou me prolongar muito. Mas ele foi um dos livros mais fofos que eu li em 2015.

Nesses últimos 2 anos eu tenho escolhido as melhores músicas, geralmente, daquele ano. Esse ano eu escolhi três músicas que fizeram parte do meu ano, mas que não são desse ano. De acordo com meu last.fm, elas não foram nem tão ouvidas assim, comparada com umas que apareceram ano passado, mas eu estou seguindo meu coração aqui. O primeiro lugar vai pra uma música que eu conheci através do meu curso de francês: Ça Ira da Joyce Jonathan. É uma música bem alegre, de 2013, até fácil de entender e o clipe é meeeega hilário. Aliás, baixei o cd da Joyce e me viciei em outras músicas dela. Minha segunda escolha foi All About That Bass, da Meghan Trainor. Ano passado eu fazia bico pra essa música, mas esse ano eu passei a ouvir com atenção e perceber que a letra dela é bem pra cima e pra levantar o astral de qualquer pessoa. Hoje eu dia eu vivo cantarolando “‘Cause every inch of you is perfect / From the bottom to the top”. A última música, Aquela dos 30, também é um pouco antiga, mas reflete bem meu momento. Não, ainda não cheguei nos 30, mas estou cada vez mais perto deles. O fato é que a música fala que “sou jovem pra ser velha e velha pra ser jovem” e isso faz bem sentido pra mim. Ora, já tenho 27 anos, não sou mais tão nova assim, mas ao mesmo tempo eu não sou velha. Fazer o que? Fora “os sonhos adolescentes” e “as costas doem”… Bem eu.

E aí, quais são os preferidos de vocês?

;*

FUI!!!

Página 2 de 49123456... 49Próximo