Oscar 2014

Em 03.03.2014   Arquivado em Resenha 0 comentário aguardando moderação

E durante um bom tempo não se via uma cerimônia de premiação do Oscar tão satisfatória quanto essa que aconteceu ontem em Los Angeles! Em sua 86º edição parece que finalmente a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood optou por ser sincera com seus votos e premiações. Não houve o descaramento de “favoritar” filmes como nos anos anteriores, como o que aconteceu com “A Invenção de Hugo Cabret” e “O Artista” em 2012. E lá vamos nós para a premiação de 2014…

Começando por quem foi escolhida para apresentar o Oscar desse ano: Ellen DeGeneres. A apresentadora bem humorada de TV americana que fez rir do começo ao fim de sua participação. Ponto positivo para quem teve a ideia de escolhê-la. Porque convenhamos, não há nada pior do que pegar ator que não tem o senso de comédia e tenta-lo fazer causar risada. Ela soube lidar tanto com quem estava lá quanto com quem assistia, como por exemplo, na hora de fazer a abertura do evento, ela disse “Hipótese número um: 12 Anos Escravidão ganha o Oscar de Melhor Filme esta noite. Hipótese número dois: vocês são todos racistas.”. Ou então quando ela saiu recolhendo dinheiro para pagar todas as pizzas (pedidas de brincadeira por ela) servidas para as aclamadas celebridades que estavam nas primeiras fileiras. Mas nada roubou tanto a cena quanto a selfie tirada por ela durante a premiação! O post no Twitter superou 2 MILHÕES de retweets.

O maior vencedor de categorias da noite foi o filme Gravidade, estrelado por Sandra Bullock e George Clooney, filmado com a nova tecnologia 4K (altíssima resolução 4 vezes maior que a de 1080p). O filme concorria em 10 categorias e levou para casa exatas 7 estatuetas, sendo elas pelos prêmios: Trilha Sonora Original, Edição, Mixagem de Som, Fotografia, Edição de Som, Melhor Diretor – Alfonso Cuarón – e Efeitos Especiais. As outras duas indicações também eram indicações de peso onde Sandra Bullock concorria como “Melhor Atriz” – juntamente com Meryl Streep – e perdeu para Cate Blanchett, “Design de Produção” onde perdeu para “O Grande Gatsby”, e também, “Melhor Filme” onde perdeu para “12 Anos de Escravidão”, filme que venceu em 3 categorias.

Saindo do mundo dos vivos e indo para as animações, a mais recente animação da Disney, Frozen, rapidamente aclamada e lançada praticamente nos acréscimos do segundo tempo do ano de 2013, concorreu em duas categorias e ganhou sem titubear as duas estatuetas de ouro. Concorrendo com “Meu Malvado Favorito 2” e “Os Croods”, Frozen levou o prêmio de “Melhor Animação”. E claro que não poderia ser diferente com o prêmio de “Canção Original”, que foi onde “Let It Go”, a canção mais emocionante, libertadora e encantadora do filme ganhou e teve apresentação no evento.

Não só de sorrir e aplaudir vive o mundo do cinema. A cada ano perdemos grandes nomes e com certeza, eles recebem homenagem no evento. Glenn Close apresenta o tradicional clipe com os profissionais do cinema que morreram nos últimos 12 meses. O diretor brasileiro Eduardo Coutinho, James Gandolfini, Philip Seymour Hoffman, Paul Walker, Deanna Durbin, Sid Caesar, Richard Griffiths, Stephenie McMillan e outros aparecem no telão. Outro momento emocionante foi quando passou em um telão a imagem de filmes históricos para o cinema, onde a saga “Harry Potter” estava inclusa e fez a atriz Emma Watson, que estava na plateia, se emocionar.

Há ainda aqueles insatisfeitos com os prêmios de Melhor Ator onde o ator de “O Clube de Compras Dallas“, filme ganhador de 3 categorias, Matthew McConaughey, ganhou e o público achou preferível que fosse Leonardo DiCaprio por sua atuação em “O Lobo de Wall Street“. Para Melhor Atriz foi preferível que Sandra Bullock levasse a estatueta.

A noite de premiação do Oscar foi bastante proveitosa, justa e divertida. Se todas as outras que vierem forem como a de ontem, poderemos ter satisfação garantida com os prêmios ganhos pelos filmes assistidos e pelos atores com suas belas atuações. E, sinceramente?! Que venha mais um Oscar apresentado por Ellen DeGeneres.

  • Luly

    Em 03.03.2014

    Tinham que chamar a Ellen pra ser apresentadora permanente do Oscar… O humor e “merchan” dela são ambos incríveis e isso resultou até em pane no Twitter, foi o melhor Oscar da vida!
    Sobre as estatuetas: gostei de tudo! Eu imaginei que Frozen ia ganhar melhor animação, mas melhor música foi uma surpresa pra mim e eu segurei pra não gritar de alegria e não chorar de emoção. E adorei ver Cate Blanchett ganhar, acho que ela merece muito!!!!!