Aventuras em Belém – parte 2

Em 15.05.2013   Arquivado em Diversão, Viagens 0 comentário aguardando moderação

Já contei um pouco sobre a ida e o primeiro dia lá em Belém e postei umas fotos de lá no project 8 on 8, mas não disse como foi o passeio nesses lugares. Rumbora conferir?

Na quarta acordei no horário pra ir pro congresso mas as meninas do quarto tavam cogitando em passear. Só que enrolaram tanto e no fim das contas decidiram ir pro congresso mesmo. O que mais me deixou com raiva foi porque isso foi decidido umas 10 e pouco da manhã, quase 11 horas. Fomos pra lá mesmo só pra bestar no turno da manhã, já que não tava mais pra assistirmos nada. Deu a hora do almoço e fui lá pra mesma lanchonete do dia anterior, só que dessa vez fui com o pessoal do 4º período. Essa turma é bem legal… Comecei a me aproximar deles aí. Depois do almoço tinha a única palestra que eu queria assistir, mas a sala tava ficando superlotada e o pessoal da organização já estavam reclamando disso e eu desisti de ir assistir. E também porque eu tava com o nariz escorrendo muuuuuuuuito. Entrava no ar condicionado e começava a espirrar também. Achei melhor ficar sem assistir nada. Umas duas meninas resolveram ir pro espaço onde seriam apresentados os pôsters e eu resolvi passear pela UFPA.

Comecei pelo campus que eu tava. Passei por vários blocos, só olhando e fotografando o que eu achava interessante. Nas minhas andanças achei um Museu de Geociências. Como sou curiosa fui lá ver como era. Não sou muito chegada em museu e coisas geológicas mas confesso que achei bacana a iniciativa da UFPA de manter esse museu com amostras geológicas do Brasil inteiro, claro que com prioridades pros materiais achados na região amazônica. O que eu achei mais interessante foi a pegada de um dinossauro (foto abaixo). Confesso que passei uns minutos tentando entender o que era, até que vi. Gostei também das variedades de pedras preciosas e minerais. Sei que andei e andei por um campus, aí tava voltando pro centro de convenções do congresso quando vi uma ponte que levava pro outro campus e eu fui lá ver. Queria ter voltado lá pra tirar uma foto do jardim das bromélias, mas não deu. 🙁 Tirei de uma área de plantas bem bonito, tipo um bosque. Sei que nesse lugar eu comecei a andar, andar, andar… Quando eu vi eu tava perdida xD Pensei que os corredores levavam pra estrada debaixo, mas fui parar numa parte em obras. Quando finalmente me achei resolvi pegar um ônibus que circula entre os campus e era de graça.

A pegada que eu disse

O bosque que eu achei

Sei que esse ônibus rodou mais que não sei o que e parou duas vezes no Hospital Universitário de lá e eu já tava ficando preocupada, com fome e medo. Sei que assim que ele foi pro campus que eu tava primeiro eu desci, perto de uns caixas eletrônicos (tava precisando de $$). Saí do caixa e fiquei tentando me situar, até que vi a cabana que eu vi no dia anterior (a da primeira foto do 8 on 8) e o prédio da Reitoria! Finalmente me achei. Voltei pro Centro de Convenções e fiquei acompanhando o pessoal na apresentação dos pôsters deles. De lá resolvemos ir para o shopping Boulevard. Fomos de ônibus, todos juntos. Como eu já conhecia o shopping me situei mais fácil e já sabia o que comprar.

Os meninos assistindo a apresentação da Nayara

Primeiro nós fomos jantar. Eu voltei no Giraffas e o pessoal se dividiu entre McDonalds, Subway, etc. Nesse dia eu conheci a Betânia, amiga de uma amiga minha daqui. Gente, ela é fofa demais. A gente conversou enquanto eu jantava e ela ainda tirou uma foto do grupo que tava lá. Terminamos de comer e fomos fazer compras. Antes eu fui com o Jivago e com a Vivi na Big Ben, comprar uns remédios (vírus tava se disseminando no grupo) e de lá fomos pra Saraiva. Gente do céu, sabe pinto no lixo? Eu! xD Engraçado foi eu conversando com um atendente de lá perguntando se tinha uns livros e o preço de outros. Ele na hora sacou que eu não era de lá por conta do meu sotaque. Perguntou porque eu tava em Belém, o que eu tava achando da cidade… Super fofo. Saí de lá com 5 livros. Três pra mim e dois pra presente. Quase comprava uns cds, mas já tava ficando caro a compra e eu achei melhor não gastar mais.

A Betânia *-*

A turma no Boulevard Shopping

Quando vimos já ia dar 10 da noite e eu precisava comprar um presente pras gêmeas. Saí correndo e fui pra uma loja comprar dois ursinhos de pelúcia, em formato de hipopótamo. Saímos de lá com o shopping praticamente expulsando a gente. Pior foi que quando botamos o pé pra fora do shopping as meninas perceberam que o banner da apresentação delas tinha ficado lá dentro. E quem disse que deixaram elas entrar? Não deixaram e elas voltaram pro albergue arrasadas.

Chegamos exaustos e alguns foram dormir e outros ficaram conversando lá fora. Eu fiquei no 2º grupo e nisso os meninos tavam contando como era o lado deles lá. Tivemos que ir lá pra acreditar como era. A sala era bem sinistra, com um espelho que mais lembrava esses de funerária. Aí tinha um corredor meio macabro por conta de duas “estátuas” na porta de um quarto. A escada fazia mó barulho e o quarto deles era bem pequeno e o banheiro idem. Só não bagunçamos muito porque um dos meninos estava doente e ele já tava indo dormir. Voltamos pra nossa parte do albergue e continuamos a conversar, até que a galera foi dormir e eu peguei o notebook da Fátima pra estudar o meu assunto da apresentação do dia seguinte…

Gente do céu, o post já tá imenso! Acho bom parar por aqui e contar os dois últimos dias depois. Prometo não demorar!

;*

FUI!!!

Página 4 de 512345