Apenas um teste…

Em 11.11.2020   Arquivado em Vida 0 comentário aguardando moderação

Para saber se as coisas que eu comprei estão ok, se eu ainda sei escrever algo por aqui, se eu ainda tenho essa habilidade de abrir o blog e deixar a escrita fluir.

Não escrevo aqui desde abril. Estamos em novembro. Ano passou voando? Não sei. Tenho essa impressão, mas como a música da Luiza Possi “os meus dias são sempre iguais”.

Hoje é uma quarta-feira. Em tempos normais eu estaria saindo agora da escola e indo pro horário de almoço, onde eu tinha pouco mais de 2 horas para almoçar, repor as energias e voltar para as aulas do turno tarde. Mas estou em casa, acabei de fazer o ao vivo com meus pequenos de uma das séries que eu trabalho, organizei minha mesa com alguns itens recém-comprados para decoração do meu planner e estou testando uns dispositivos que comprei para ajudar com o meu iPad. Mais tarde tenho reforço com um aluno e depois preciso preparar o material para a gravação das ultimas aulas do ano.

Sinceramente, eu prefiro mil vezes estar em sala, tendo aquele contato com os alunos, rindo das brincadeiras, me orgulhando daqueles que estão evoluindo no aprendizado, passando raiva com os danados, mas essa rotina era o que me deixava… não sei dizer como, mas eu me empolgava mais com tudo.

Depois de quase 8 meses de home-office posso dizer que estou adaptado a esta rotina, mas pro professor que precisa dessa interação, fazer a aula de casa é diferente. Você tem mil fatores pra fazer dar certo. Computador tem que estar ok, internet, fones, slides… mas e quando a tecnologia te deixa na mão? A frustração, meus caros, é grande. Investi muito esse ano em coisas novas. Algumas me deixaram na mão e outras estão sendo bastante úteis, mas é assim.

Espero que isso passe logo e fique só na memória e que logo logo nossa rotina volte.

E é isso…

(Imagem da minha mesa de trabalho onde estou testando esse teclado e mouse para iPad comprado no Aliexpress)

;*

FUI!!!

  • Luly Lage

    Em 11.11.2020

    Passei aqui pra dar um “alô” e dei de cara com você assim, toda entregue nas sensações desses dias loucos que sabe-se lá quando vão ter fim. Deu um apertinho lendo a parte das saudades dos pequenos e me encantei com sua mesa de trabalho nesse momento. Pedacinhos de luta, pedacinhos de glória!

  • Marina Menezes

    Em 11.11.2020

    Oi renata! Essa pandemia está sendo muito difícil, imagino que quem trabalha com crianças, dá aula e afins deve estar sendo ainda mais. Quando as aulas voltarem as crianças já vão estar grandes, vai ser outra turma, enfim… mas isso vai passar, uma hora tem de passar né, enquanto isso a gente vai se cuidando como pode

    Espero que você fique bem e volte quando puder, acabei de conhecer seu blog e espero voltar mais vezes!

    Bjs