Eurovision

Eurovision, Eurovisão ou, como é oficialmente conhecido, Festival Eurovisão da Canção é uma competição que define muito bem a ideia de União Europeia. Um conceito bem antigo, aliás, já que é um evento que já existe há mais de 50 anos e teve como base uma competição musical que já existia na Itália 10 anos antes (e que hoje é a seleção nacional do país para o evento). Então, o Eurovision nada mais é do que cada país membro da UE enviar um candidato que represente o seu país com uma música que, preferencialmente, mostre a cultura do país e seja cantada no idioma local. No começo essa ideia era levada bastante a sério, mas hoje em dia poucos são os países que cantem música regionais na língua nacional (como Portugal com o seu fado sempre em português).

Como a música vencedora é eleita pelo público de toda a Europa que falam diversos idiomas, o inglês acabou dominando a competição principalmente praqueles países cuja língua é minoritária – como arménio, grego, albanês … – e principalmente depois que o ABBA (sim, aquela famosa banda que seus pais deveriam cultuar na década de 70/80) venceram a competição de 74 pela Suécia cantando Waterloo (em inglês), o que eu acho que é fator determinante pra muitos pensarem que o ABBA é inglês.

O Eurovision a cada ano vai crescendo e ganhando mais países adeptos e se tornando o maior evento europeu não-esportivo e o maior evento europeu depois da Eurocopa. Aliás, quando se diz “europeu” acredito que seja necessário abrir um parênteses, uma vez que países do oriente médio atualmente participam da competição, como Israel e Arzebaijão – que ganhou o concurso de 2011 e assim ganhou o direito de sediar o evento em 2012 – e que alguns países africanos também podem participar como Marrocos e Líbia, pois são membros da European Broadcast Union (que detém os direitos do Eurovision) mas não o fazem. O certo é que o Eurovision mobiliza a Europa assim como o futebol mobiliza o Brasil. As seleções nacionais são eventos a parte que as vezes apelam para que os melhores cantores de cada país sejam candidatos para conseguirem a vitória.

É um evento que dita as setlists das rádios antes e após o evento de cada ano e que, algumas vezes, apresentam astros mundiais – como ABBA e Celine Dion (que ganhou pela Suíça em 88). Uma das coisas mais interessantes do Eurovision é a variedade musical que você encontra em cada edição: do fado ao rock, do pop ao jazz, todos os estilos de músicas nos mais diveross idiomas possíveis estão lá competindo pela nota máxima: 12 pontos! Sim, pois para eleger o vencedor, cada país vota na melhor música (mas não pode votar no próprio país) e então junta-se as notas do telefone mais a de jurados técnicos de cada país e dá-se a pontuação que vai de 1 a 7 e depois as maiores que são 8, 10 e 12.

Eurovision é um concurso diferente de muitos outros sobre música que vemos por aí e que acima de tudo mostra a cultura de um continente que, menor que o nosso país, tem uma diversidade cultural tremenda também. Vale a pena dar uma conferida, seja pra conhecer um pouco mais de world music ou seja pra você rir de algumas figuras e apresentações que todo ano aparecem. Ano que vem o evento será na Suécia, que ganhou o direito graças à vitória da cantora Loreen. Quem sabe não aparece um novo ABBA?

Texto by: Ricardo Olissil

Eu nunca assisti um episódio sequer do Eurovision e até mais ou menos mês passado eu não sabia da existência desse festival, mas graças ao Ricardo (autor dessa pequena – cof cof – introdução) hoje eu já conheço um pouquinho e curto algumas músicas que foram apresentadas no festival. Ele me fez ficar viciada nas músicas do Alexander Rybak, vencedor da edição de 2009. A primeira música que elem me mostrou foi Oah. O ritmo dela é bem legal e o clipe super engraçado (e bem colorido). Depois ele foi me mostrando outras e no fim das contas ele me passou 2 cds dele e eu pude ouvir todas e passei a gostar de vááárias. Aqui vou botar o clipe das que eu mais gostei e o link de outras (já que eu não vou botar só as músicas dele).

Aliás, foi com essa última música que ele venceu o Eurovision. Eu recomendo também: Roll With The Wind, Kiss an tell e I’m in love.
Mostrar mais ▼

Espero que vocês curtam as músicas e quem sabe procurem outras apresentações. O youtube está cheio delas!!!

E um agradecimento mais do que especial pro Ric que me ajudou fazendo a introdução do post, me mostrou as músicas e ficou no meu pé todo santo dia no msn perguntando do post! XD Finalmente ele tá no ar!!!

;*

FUI!!!

Comente este post!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ricardo Olissil

    Bom, eu sou suspeito em falar sobre o Eurovision, hehe. É um evento bem legal e que eu ja sabia da existências das minhas aulas de inglês na escola mas só quando morei em Portugal por uns meses e com o advento da internet é que eu pude asisstir e acompanhar o evento. O que eu acho mais legal é o fato de ser um evento tradicional e levado bastante a sério na Europa capaz de até fazer rixas políticas esvanecerem, como gregos apoiarem cipriotas e por ai vai. Gosto de assistir tanto pela competitividade como para conhecer músicas diferentes =D Desses o que eu mais gostei foi Alexander Rybak, que aliás acabei viciando trocentas pessoas também, hehe. Acho que foi por menos que ele venceu o Eurovision de 2009 com a maior pontuação da história do festival ^^ Pra quem curtiu, podem assistir as últimas edições do programa no site http://www.eurovision.tv =)

  • Jéss

    Oi Renatinha,
    nunca tinha ouvido falar da Eurovision, mas confesso que achei bastante interessante, e com muita gente talentosa!!!
    Que fofo esse Alexander Rybak e que voz linda!

    Amei.
    Beijo ^_

  • Beca

    Que vergonha, o negócio existe a 50 anos e eu nunca tinha ouvido falar! E não sabia que o ABBA era um crupo Sueco – shame on me – . Engraçado que o termo “Eurovision” é extremamente familiar, mas realmente não me recordo de mais nada sobre ele. Sobre o Alexander… Ta, primeiro que é umg ato, né? Vamos ser sinceras. Segundo que canta super bem.. Acho que se ele aparece na minha janela com esse violino eu caio de amores na hora! hahaha

  • ‘raah

    ooi (:
    Caraca, que interessante *-*.
    Adorei os videos, que talento,rs.
    Beijos :*

  • Fernanda N

    oie rê, tudo bom?
    nunca tinha ouvido falar deste festival e nem conhecia nenhum dos artistas que tu citou no post (com exceção de ABBA e Celine Dion, óbvio)… adorei a primeira música do alexander que tu colocou, que até tuitei… muito legal! vou baixar, com certeza! legal as outras músicas, mas não me chamaram a atenção quanto “oah”… o mais engraçado é que aquela parte que eu tuitei tem a ver com o meu último caso desastroso de amor… ele é bem mais novo que eu! aliás, saudadinha dele… =~
    beijo, beijo!

    ps.: adorei o post… gosto de conhecer coisas diferentes que acontecem no mundo! =]

  • Fernanda

    nossa que legal! também nunca tinha ouvido falar e achei bem interessante!~
    gostei 🙂
    beijos inlove

  • Lilika

    Gente, NUNCA ouvi falar disso! ahaha
    Ouvi essa primeira música e que alegre *-* gostei!