Férias forçadas

Em 24.05.2012   Arquivado em Dia a dia, Estudos, UFPI 0 comentário aguardando moderação

Tô tão relapsa com o blog =/ E não é por falta de tempo não… Agora tenho até de sobra!

Como vocês sabem, estou estudando na UFPI. E não é novidade pra ninguém que as universidades fedrais estão em greve. Desde que eu entrei lá ouvia esse boato de que teríamos greve, mas meus amigos me diziam que o departamento de letras não acompanhava a greve. Se dependesse de alguns professores a gente não teria, mas eles não vão trair a classe.

Tenho 6 disciplinas. Das 6, 3 estão de greve. Das 3 que não estão só tô tendo aula de 2. Linguística, latim e habilidades 1 pararam enquanto leitura e produção de texto, metodologia e teoria da literatura não. Quer dizer, a professora de literatura ‘liberou’ nossa turma até junho. Enquanto isso metade da sala só tem aula de metodologia (leitura e produção de texto é dividida em 2 turmas e uma, que é a minha, tem professor e aula e a outra turma nem professor tem). E temos aula de metodologia? Er, semana passada não tivemos e nem amanhã nós vamos ter. Ou seja, nessa semana eu só assisti uma aula.

Tô achando ruim? TÔ!!! Quebrou minha rotina, não consigo mais acordar cedo demais e nem me concentrar direito nos estudos… Sim, eu tô tentando estudar. Tanto pra não acumular assunto quanto pra não deixar os trabalhos pra quando a greve acabar/tiver acabando. E quando a greve vai acabar? Isso eu não sei. O.ô

Pelo menos tem o festival Shakespeare que não me deixa sem fazer nada. Pelo menos terei uma ocupação caso essa greve não acabe logo.

Fora isso tô ficando muito na net (mais do que eu estava), acordando um pouco mais tarde, gastando mais, assistindo a filmes e seriados (ainda tô tentando recuperar o fôlego… assisti o episodio final da temporada de Glee)… enfim, tô com minha rotina que tinha antes de entrar na UFPI.

São uma férias forçadas que eu juro que não gostaria de estar tendo. É chato ter que ter aula em pleno mês de julho, ter que juntar um período com o outro… Meu maior medo de entrar na UFPI era isso: greve. E foi bem isso que aconteceu.

Bem, tô faznedo esse post pra tirar um pouco a poeira que tá aqui no blog. Vou tentar terminar o tema que eu comecei a fazer além de terminar um outro projeto que eu tô com ele em mente já tem um tempinho…

;*

FUI!!!

  • Lilika

    Em 24.05.2012

    Oi, Rê! Qdo entrei na FATEC foi a mesma coisa… greve de uns professores e outras matérias que ainda nem professores contratados tinham… essa é uma das diferenças entre pública e particular, né? mas no fim ainda acho que a pública vale muito a pena!

  • Gabi

    Em 24.05.2012

    É diferente pra quem não está na faculdade (ainda) opinar sobre isso. Tenho uma amiga que estuda na UFSM e ela ficou muito braba com essa coisa de greve, ainda mais que ela veio de colégio particular e não está acostumada com falta de professores, estrutura e greve.
    Eu, pelo menos por enquanto, tento não ver a situação como o uó. Claro que isso está prejudicando muitos estudantes, principalmente aqueles que estão para se formar, mas acredito que o gostinho de dizer que estuda em uma universidade federal, vale a pena. Afinal, todo mundo sabe que instituições públicas seguidamente fazem greve, então é um risco que todos correm e sabem disso!
    Beijos

  • Beca

    Em 24.05.2012

    Nossa, férias forçadas é horrível mesmo Renatinha. EU bem que torcia às vezes pra minha faculdade paralisar, porque, por ser particular, tem aula todos os dias e os feriados nunca são prolongados. Essa rotina de 3 anos e meio de aula/estágio sem parar às vezes quebra com a gente… mas confesso que se eles parassem as consequências não seriam nada boas. Uma vez fizeram isso por uma semana e a gente teve que ter aula no sábado (ninguém merece).

    Enfim, espero que essa greve acabe logo e que os professores consigam suas revindicações. Não adianta nada voltarem descontentes, né? Professor precisa de respeito!

    Beijos e aparece mais aqui no teu cantinho, senti saudades 🙂

  • Larissa

    Em 24.05.2012

    Meu irmão estuda da UTFPR e o pior é que só um professor dele está de greve, e não tem como ele ficar aqui por muito tempo pois tem prova.

    Realmente atrapalha bastante a rotina!

    Bjos

  • Biih

    Em 24.05.2012

    Olá, Renata!
    Bem triste essa situação, né? No fim, a greve acaba prejudicando – principalmente – o desempenho dos alunos. =/
    Espero que as coisas melhorem!
    Beijos!

  • Ariane

    Em 24.05.2012

    Oie Renata!
    Obrigada pelo comentário!
    O livro é bem mesmo para meninas até 14 anos! Talvez a sua irmã goste, tentei fazer a minha ler, mas nem tendo imagens e eu dizendo que era total para a idade dela, ela não quis. Só gosta mesmo de Querido Diário Otário (que eu também gosto muito particularmente, hehe).

    Nossas, as greves estão pegando mesmo, já tinha lido sobre elas num blog, mas na minha escola os tipos são “aulas vagas”. Mas até que eu não tenho muito não.

    Lindo aqui, muito cute, mesmo!!!!

    Bjs,
    Ariane;)

  • Lena

    Em 24.05.2012

    Isso que complica, as greves. E enquanto o povo fica feliz que vao ficar de folga, quem quer estudar acaba se prejudicando. Até pq ninguem ta estudando a toa ne? É um pouco chato isso, mas voce pode aproveitar o tempo fazendo outras coisas que voce gosta, tentando estudar materias que vao te ajudar no curso e etc, o importante é nao parar, senao…

    Eu to louca por ferias, a minha é particular pq nao tem design federal aki, e é só 1 mes de ferias 🙁 mas quero aproveitar auhhuauahua
    bjos

  • Day

    Em 24.05.2012

    Oi Renatinha.. tdo bem?
    Puxa vida.. a UFS tbm entrou em greve
    Ano passado, qd eu estava no último período, tiveram mtoos boatos de greve
    Mas graças a Deus n teve
    Esse ano, n teve escapatória :/

    O q resta a fazer eh aproveitar o tempo o melhor possível :/
    Também ando deixando o blog na mão e n to gostando nada disso…
    No meu caso, o tempo tah atrapalhando um poko :/

    Enfim
    Bjos =)

  • Luly

    Em 24.05.2012

    Desde que entrei na UFMG não tive greve e SE DEUS QUISER dia 11 eles vão decidir para não ter mesmo. Se eu tivesse no início do curso seria ruim e tals, mas agora no final que tô cursando 3 matérias e só falta mais uma é tipo… Não ia rolar.
    Espero que isso passe logo…